HomeIMPRENSAFotosAssistência Social expande ações de combate ao abuso e a exploração sexual...

Assistência Social expande ações de combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes

O Centro Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), órgãos e entidades de proteção social do município de Pombal, com objetivo de expandir as ações comemorativas do 18 de maio, “Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, vêm desenvolvendo durante o mês em curso, debates, palestras, discussões e distribuição de material informativo à população.

Por volta das 12h30m, desta quarta-feira (15), representantes do CREAS, Conselho Tutelar e Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTRDS), participaram de uma entrevista na Rádio Maringá 98fm, onde puderam alertar os ouvintes sobre a problemática enfrentada diariamente por crianças e adolescentes vítimas desse tipo de violência, bem como, convidaram todos os ouvintes e internautas para a tradicional caminhada de conscientização, que fora antecipada para próxima sexta-feira, dia 17 de maio, saindo às 15h30m defronte à Escola Arruda Câmara com destino à Praça do Centenário, em virtude do funcionamento das unidades educacionais e da efetiva participação estudantil.

A partir das 14:30, profissionais do Centro de Referência da Assistência Social II (CRAS II), CREAS, Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF) e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTRDS), promoveram palestras para os pais e/ou responsáveis dos usuários do Centro de Convivência, situado no bairro dos Pereiros. Na oportunidade, os oradores puderam desmistificar, tipificar e exemplificar os casos de abuso, exploração sexual e divulgar os canais de denúncia como: Disque 100 (nacional), Disque 123 (estadual), Polícia Civil (197), Polícia Militar 190, além do CREAS e do Conselho Tutelar.

O Coordenador do CREAS, Gerlandio Freires, explicou que é preciso agir mesmo quando exista apenas uma suspeita. “Caso o cidadão suspeite de algum caso de abuso ou exploração sexual é preciso denunciar. O papel de investigar e apurar esse tipo de crime, cabe as autoridades e órgãos competentes. Basta apenas que o fato seja comunicado de forma anônima, que será investigado da maneira adequada, por profissionais preparados para acolher essas denúncias”, disse o coordenador.

À noite, servidores do CREAS, SCFV e SMTRDS executaram o trabalho de distribuição de panfletos e cartazes em estabelecimentos comerciais, bares, pousadas e restaurantes, em vários pontos cidade. A agenda segue com atos programados até o dia 18 de maio.

Prefeitura de Pombal, um novo tempo para todos!

Decom

RELATED ARTICLES

Most Popular

LEI Nº 2.041/2021

LEI Nº 2.040/2021

LEI Nº 2.039/2021

LEI Nº 2.038/2021

Comentários